DEVANEIOS

 

Penso, logo existo…

Penso, logo não durmo…

Penso, logo me afundo em devaneios…

Queria saber meditar e dar um tempo pro cerebelo. Branco, nada, zero pensamentos…Mas não consigo, ando sempre ligadona, formiga atômica.

Ultimamente tenho perdido um tempo precioso pensando merda, sentindo falta, me arrependendo.

Ultimamente tenho ouvido muitas vezes a palavra desesperançada…Não falo, mas ouço. Não falo, mas penso. Não falo, mas sinto.

As coisas continuam meio tortas, as pessoas continuam meio doidas, os valores continuam descendo a ladeira na banguela. Minha geração ainda consegue manter a mente centrada quando se trata de amores. A geração dos 20 me preocupa. Como vão estar essas meninas que acham o máximo ir em casas de swing? Que acham o máximo festinhas privé? Que banalizaram sua própria sexualidade um tanto que chega a não ter volta?…medo. Mais medo ainda dos homens de 30 (homens?) que ficam deslumbrados com tanta liberdade…a liberdade de comer uma por dia, sem nem perguntar o nome. É assim que está funcionando. E como mulheres de 30 lutam essa guerra? A gente ainda pensa que deu, perdeu! Encaretamos ou elas / eles enlouqueceram de vez?

Desesperançadas estão as mulheres que acreditam no pra sempre enquanto dure. Até tentam, trocam telefone, fazem mandinga, mas no final a frase que sobra é “que caralho…ele só quer me comer”. Culpa nossa? Talvez. Culpa deles? Talvez. Culpa da história humana? Mais provável…

Desesperançadas estão as mulheres que estão vendo mais amores acabarem do que começarem. Mas isso é completamente plausível já que quando a gente tinha 20 e poucos a galera começava a casar, namorar serio, noivar. Depois dos 30 a gente fica cercado de divórcios, términos doloridos, sofrimento…sempre foi assim. O começar é que fode com tudo. Porque a gente não é coroa, mas não é menina…estamos no limbo, no meio termo, no mais ou menos. Nem velhas nem novas, medianas…e eu odeio a palavra mediana porque a gente é muita areia, é betoneira, enxergar isso é que é osso de mamute.

As mulheres de 30 que já foram casadas não querem se casar mais (eu), mas querem dividir a vida, o resto dela, ainda fazem planos, querem romance, sem jogo nem putaria, o bom e velho romance. Não servimos pra booty call, apesar de acharem que por sermos bem resolvidas aceitaremos de bom grado dar umazinha de leve, ou forte, depende do gosto, sem trocar telefones. Ok, sabemos fazer isso sim, damos uma volta no candango e desaparecemos: “não achei minha calcinha, rs, beijomeliga (sem deixar o número, claro)”. Sabemos porque estamos meio machas, se eles podem a gente pode também…e todo mundo sabe que não é bem assim que a banda toca. No fundo queremos romance e não ser da turma do fuck and friend…

Na cabeça masculina (sem generalizar jamais) uma mulher de 35 está no limite fértil e deve estar pulando onda pra engravidar, porque o tempo é cruel com a gente, marcou toca? só na próxima encarnação. E não é nada disso!! Sim, algumas ainda querem ser mães, não gostam de patins…Sim, algumas são capazes de dar o “gorpe” pra driblar a naturezal…mas basear uma conquista nessas suposições é muito covarde…muito mesmo. Ok, tô viajando, mas como o título já diz, ando numa fase devaneios. Tô desapaixonada gente, relevem! Jajá entro na fila das doidas denovo, porque a vida amorosa é uma roda gigante, rodou e volta pro mesmo lugar. Aí segura porque só vou falar de amor!

 

PsyDyca: Apaixone e se deixe apaixonar

 

Abraço de urso

6 Respostas to “DEVANEIOS”

  1. Falou e disse!!!O mundo tá virado mesmo Paulinha, mas acredito eu que ainda existem pessoas com bons valores, aqueles adquiridos com a vida e criação, por aí… tem que acreditar né, não tem outra alternativa rs. Confesso que adorei minha fase dos 20 porque não eram como o das de 20 de hoje em dia… havia um pouco mais de respeito, boas intenções etc. Como já dizia o bom e velho Frank Sinatra, i did my way, e eu digo: i do my way, e força na peruca meu amor!!
    bjos

  2. Muito bom! Já tive zilhões de devaneios por esse ano, e cansei! Infelizmente é deixar rolar mesmo, que uma hora o amor bate na porta… quando menos se espera!😉
    Bjins

  3. Passado é passado….decisão já foi tomada. Somente aprenda e aceite a sua decisão. Futuro , se envolver outras pessoas, quase sempre está fora do seu controle….não perca muito tempo com ele…
    Se delicie com o presente ! 😉
    Inté mais
    Dennis

  4. Rodrigo SHIMU Says:

    Loucas e loucos, se encontram pela madrugada a dentro…em bares, lanchonetes e danceterias…..a tarde na fila do cinema, andando por um shopping ou supermercado….ou de manha perto de uma igreja qualquer num domingo de sol……..Conheço gente que procura felicidade em todos os lugares e acabam ficando loucos…..eu digo….deixa rolar, descubra a si mesmo antes de descobrir outra pessoa. Sinta-se, viaje, relaxe!!!….talvez a felicidade esteje por um fio…só esperando o telefone tocar!!! Não espero um principe (assim como todas sonham), na verdade, procure um sapo….beije-o….assim, só os seu olhos veram o verdadeiro momento da felicidade!!! sem devaneios!!!

  5. Paulinha, acredito que só quando a gente se desapaixona é que a gente fica livre, fica limpa por dentro…exorciza o velho e fica pronta para receber de novo, sem estar “esperando para receber” de novo.
    “As vezes quando a gente perde a gente ganha”…é mesmo verdade!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: