VOCÊ TEM MEDO DE QUE??

De ficar sozinha…pronto, falei

Medo de morrer sozinha (mesmo sabendo que todo mundo morre sozinho).

Essa gana de encontrar um parceiro deve ter um propósito…fazer com que terapeutas, psicanalistas, pscólogos, pais de santo, terreiros de macumba e fabricantes de velas em geral encham o rabo de dinheiro!! Deixando claro que sou super a favor de tratamento mental, eu mesma estou atrás de um que me livre desse pavorzinho que é a solidão…minha estrela vai me ajudar, porque cheguei num ponto em que só com ajuda profiça, tambor e reza braba.

Nem a sapatolândia está aplacando o pavor. Sandália da coleçao de verão, azul, verde limão, nude…uma de cada?? nenhuma de nada…nada de nada.

Eu nem sei explicar o que é, nem de onde vem, mas eu tenho hipóteses. Nunca fui sozinha. A primeira vez que me vi sozinha, sem chão, lenço ou documento, já estava na casa dos 30…e mesmo assim vieram me socorrer e passei mais quatro anos em paz, segura e acompanhada de um cara sensacional, de quem deixei de gostar sei lá por que…coisas da vida.

Aprendi que eu tenho uma dependência sobre certas pessoas, como se fossem o alcool do alcóolico ou a heroína do viciado. Isso não é nada saudável…essa dependência te escraviza, como disse a estrela Graziela numa noite de sábado cercada pela faixa de Gaza (foi osso)…quando a pessoa está assim escravizada, por vontade própria (o que é pior), vira fantasma…caraca, o corpo fecha de uma tal maneira que ninguém te enxerga, você não enxerga ninguém, não quer ninguém, só o dono, o capitão do mato. Nunca tinha lidado com tal sentimento, nem com tanta falta de força.

Por falar em força, digo novamente que o que interessa são os amigos que ficam na sua sopa de letrinhas. E eu, felizmente, tenho muitos e bons…é uma troca de tanta coisa, um cuidado, um querer bem que é palpável inclusive. Felipe é fênix…Rô é fênix…Cuti Cuti, Carla, Ana, Grazi, Hanna, Faby…todas fênix durante algum momento da vida em que estavam num buraco tão fundo e sem molas. Mas tá todo mundo aí, de pé, ficando de pé, ainda de joelhos…e é esse povo que me segura quando eu não vejo saída.

Estou numa fase bem difícil mesmo, confesso, e tornar isso público não torna fácil…mas eu dou a cara pra bater, e o dinheiro pro psicanalista!!!

PsyDica 1: tente não ter medo…mas tente com força…

PsyDica 2 (repetida): ame seus amigos só de amor, e pra sempre!

PsyDica 3: tá difícil? faça análise!

Abraço de Urso

9 Respostas to “VOCÊ TEM MEDO DE QUE??”

  1. Ninguém nunca esta sozinho. Estamos sempre na melhor compania que podemos oferecer ao outros, nós.

    Se nossa compania é boa para oferecermos a alguém então ela é boa para nós.

    Ao invés de procurarmos pela pessoa que queremos, nosso modelo de compania, que tal olhar ao lado e reparar na pessoa que nos faz bem, que nos agrada, que nos faz rir e dormir tranquilamente.

    Não demos procurar por nosso modelo mas pelo modelo que aceitamos em nossa vida e que nos faça bem.

    Beijossss

    • Sim Angelo, mas se bastar é bem difícil, principalmente para as mulheres, principalmente para mulheres passionais, que acreditam no amor e no poder destrutivo ou construtivo que uma paixão pode ter…é dessa dependência que a gente sempre tenta se livrar, e te digo que a destrutiva é a mais difícil de largar…
      abraço

  2. Carol Brumati Says:

    Paulinha, adorei, é isso mesmo. Todo mundo, em algum momento, já passou ou ainda vai passar por situações onde temos que enfrentar nosso medo mais profundo e impublicável. Os amigos são fundamentais nessa hora. Aproveite até esse momento, pois crescemos absurdamente na adversidade, e o que era medo, vira maturidade. Adorei seu texto, super verdadeiro. Arrasou! Super beijo.

  3. Amanda OVANDO Says:

    Aiii Paulinha… to numa pioooor q vc…
    pq apesar de eu ter medo de ficar sozinha eu tbem tenho medo do oposto…
    eu tenho medo de depender, de confiar, de precisar….
    e como se nao bastasse eu nao tenho a mesma sorte que vc….
    ando confiando nas pessoas erradas…. nao dando creditos pras pessoas certas… kkkk e as vezes é tarde demaais!
    mas a vida segue… e oq nao faltam sao oportunidades de agir…
    e a soma de uma serie de fatores externos, internos, ambientais e de posicionamento astronomico vao definir em relação a atitude tomada se erramos ou acertamos!
    pq fala serio… sorte conta mto… nao basta agir certo se vc nao esta no lugar certo e na hora certa!
    the show must go on
    cuidado com psicologos… como todo medicamento, se nao for EXATAMENTE o remedio q vc precisa só vai fazer mal…
    achar o psicologo perfeito eh tao dificil qto encontrar o amor da vida….
    eu nao achei nenhum dos dois ainda kkk
    e olha q eu tenho mtas “horas de voô” em terapia!
    kkk ultimamente troquei o divã da minha ex-psico pelo seu blog!
    sucesso!
    beixocas dona Pê

    • Amanda, tomarei o maior cuidado, e ao menor sinal de perigo saio correndo do consultório!
      E tenha calma…muita energia há de circular pela sua industria vital ainda querida!
      beijoca

  4. Cris Tardelli Says:

    Amiga, como não temer ao desconhecido?? Até uma relação duradoura passa por momentos “das trevas”. O importante é ter com quem dividir seus sentimentos e clarear as idéias..temos o péssimo hábito de vermos apenas a nossa verdade, o que muitas vezes, não é tão verdade assim!! Sabe, realmente temos que ter medo…da solidão, seja ela amorosa ou não…ser sozinho, de alma, absolutamente sozinho é tão cruel que nem vc mesma torna-se boa companhia…coisa que não acontece com a gente, sabe porque? Temos o único e verdadeiro elo que faz com que a vida continue, mesmo que as vezes à trancos e barrancos… sempre haverá os dois lados da moeda..o nosso é o da amizade verdadeira, admiração e acima de tudo fidelidade, esta sim, tenho medo de perder…meus verdadeiros amigos…independente das caras e bocas que nos cercam!! Vc suas estrelitchas e as demais meninas da tchurma, fazem parte do meu céu…que tbm está habitado por duas pessoinhas sensacionais e um cara que dispensa comentários…só não é bom divulgar muito, rsrsr!! Bjo no coração e nas estrelitchas!!! Medo pra quê…só vai saber no que vai dar…se seguir em frente!!! Conte seeeeempre comigo!!! SUCESSO!!!!

  5. “Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite.”
    (Clarisse Lispector)

    Paulitcha querida, é exatamente assim que encaro a solidão…
    Solidão sempre, solitária jamais! rs
    O mundo está aos seus pés e, se depender de afeto, admiração e companheirismo, você nunca foi e jamais será!
    Sentir medo, ter vícios e dependências não são problemas exclusivamente seus…São desafios que todos nós enfrentamos, em alguma altura da vida e que afligem inclusive homens e mulheres bem casados(as), pode acreditar!!
    Você é dez e com essa energia e coragem que tens saberá driblar esse sentimento que se tornou um martírio em sua vida! Love u
    Beijos.

    • Olha Lu…você sabe que estive nos dois lados dessa história que se chama relacionamento…o medo do “só” sempre esteve presente, mas confesso que de alguns anos pra cá ele tem aumentado um pouco. Na verdade a receita nem é tão complicada. a gente tem que procurar a paz, ficar em paz com nossa condição…é atrás disso que eu estou correndo!
      Beijos querida!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: